Abr 13 2009

1 euroEu, Tu e Ele… fomos comer ao restaurante e no final a conta deu 30,00 EUR

Fizemos o seguinte: cada um deu dez Euros…

Eu: 10,00 EUR Tu: 10,00 EUR Ele: 10,00 EUR

O empregado levou o dinheiro até à caixa e o dono do Restaurante disse:

Esses três são clientes antigos do restaurante, então vou devolver-lhes 5,00 EUR e entregou ao empregado cinco moedas de 1,00EUR.

    O empregado, muito esperto, fez o seguinte: ficou com 2,00 EUR para ele e deu 1,00 EUR a cada um de nós. No final ficou assim:

    Eu: 10,00 EUR(-1,00 EUR que foi devolvido) = eu gastei 9,00 EUR..
    Tu: 10,00 EUR(-1,00 EUR que foi devolvido) = tu gastaste 9,00 EUR.
    Ele: 10,00 EUR(-1,00 EUR que foi devolvido) = ele gastou 9,00 EUR.
    Então, se cada um de nós gastou 9,00 EUR, o que nós três gastamos juntos, foi 27,00 EUR. E se o empregado guardou 2,00 EUR para ele, temos:

    Nós: 27,00 EUR
    Empregado: 2,00 EUR
    TOTAL: 29,00 EUR

    Pergunta-se:  Onde foi parar a outra moeda de 1,00 EUR?


    Abr 13 2009

    6 4 3 1 = 40
    (6 + 4) x (3 + 1) = 40

    1 1 1 5 = 1
    1 + (1-1) x 5 = 1

    1 3 4 6 = 24
    6 / (1 - 3 / 4) = 24


    Abr 11 2009

    Mia Couto - O Último Vôo do FlamingoEncontrava-me na minha useira actividade deambulatória por periódicos digitais, forma um pouco sobranceira de dizer que andava a ler notícias online, quando encontrei uma referência a uma obra de Mia Couto (que se tornou um dos meus autores favoritos).

    Li poucas das suas obras (tenho o último livro dele em casa há dias, conto começá-lo ainda hoje), mas desde Terra Sonâmbula tornei-me um fã da sua escrita e do seu estilo inconfundível que vem conquistando leitores pelo mundo fora, derrubando as fronteiras de Moçambique e da cultura lusófona.

    O facto de pela quarta vez uma obra sua ser transposta para a película atesta a qualidade das produções de Mia Couto.

    Infelizmente ainda não li “O Último Vôo do Flamingo”, mas o livro já se encontra na lista de compras e conto ver o filme este Natal. Novidades para breve…

    Moçambique: «O Último Voo do Flamingo» está a ser rodado

    Marracuene, uma pequena vila a poucos quilómetros de Maputo, segue durante seis semanas as filmagens de «O último voo do flamingo», uma adaptação do livro de Mia Couto com o mesmo nome.

    A equipa, dirigida pelo realizador moçambicano João Ribeiro, filma na pequena vila a história de misteriosas mortes de soldados das Nações Unidas, no período após o fim da guerra civil.

    A história de Mia Couto passa-se em Tizangara, uma pequena vila, como Marracuene, do interior de Moçambique, poucos meses depois do fim da guerra civil, onde cinco misteriosas explosões matam outros tantos soldados da missão de paz da ONU, restando deles apenas o pénis e os capacetes azuis.

    É daí que parte Mia Couto para contar depois a história do oficial de investigação, o italiano Massimo Risi, de Joaquim, o tradutor que na verdade não sabe línguas, de Temporina, uma mulher velha de corpo jovem, ou de Ana Deusqueira, a prostituta da vila. Mas também a história de lutas entre o poder local e tradicional, entre a sociedade ocidental e africana, de mistérios e crenças.

    Em Marracuene a população segue atentamente aos primeiros momentos da história.
    E João Ribeiro mais atento ainda, boné e auscultadores, gritando ordens, mandando repetir cenas, dirigindo uma equipa que ao todo é composta por meia centena de pessoas, sem contar com os figurantes.

    «Gosto das imagens que Mia Couto deixa passar através do texto. Este é o meu quarto filme com base em textos dele. O texto do Mia é muito descritivo, uma pessoa lê e vê as imagens. Mas há factores como o som, a linguagem, as dimensões… temos de fazer opções e eu não posso e não tenho tempo nem meios para fazer tudo o que está no livro. Por isso fiz as minhas opções, o público dirá se são boas», disse à Lusa.

    João Ribeiro fez até agora curtas-metragens e «O último voo do flamingo» é o primeiro grande filme, que quer ver nas salas de cinema antes do próximo Natal.

    Fonte: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=14&id_news=382331


    Abr 10 2009

    MAMP (Mac + Apache + MySQL + PHP)
    Se és um fã de Macs, queres desenvolver uma solução AMP (Apache + MySQL + PHP), já não precisas de emular o linux ou utilizar outras soluções.

    Pesquisando na net encontrei esta solução, o MAMP (http://www.mamp.info). Existe a versão normal (que é gratuita) e a versão Pro (que é paga).

    Após alguns testes com a versão gratuita e confirmando com alguns “gurus” amigos, verificou-se que esta solução é bastante boa e estável.

    Fica a dica…

    MAMP: Mac - Apache - MySQL - PHP
    The abbreviation “MAMP” stands for: Macintosh, Apache, Mysql and PHP. With just a few mouse-clicks, you can install Apache, PHP and MySQL for Mac OS X!

    MAMP installs a local server environment in a matter of seconds on your Mac OS X computer, be it PowerBook or iMac. Like similar packages from the Windows- and Linux-world, MAMP comes free of charge.
    MAMP is installed in the typical Mac fashion: very easily. MAMP will not compromise any existing Apache installation already running with your OS X. You can install Apache, PHP and MySQL without starting a script or having to change any configuration files!

    Furthermore, if MAMP is no longer needed, it is sufficient to delete the MAMP folder and everything returns to its original status (i.e. MAMP does not modify any of the “normal” OS X).

    Licensing

    Similar to a Linux-Distribution, MAMP is a combination of free software and thus it is offered free of charge. MAMP is released under the GNU General Public License and may thereby be distributed freely within the boundaries of this license. Please note: some of the included software is released using a different license. In these cases, the corresponding license applies.

    Philosophy

    MAMP was created primarily as a PHP development environment for Macintosh computer and should therefore not be used as Live Webserver for the Internet. In this case, we recommend that you use Mac OS X server with the provided Apache or a Linux server.


    Abr 10 2009

    "Cristo Crucificado" de Diego Velásquez (1632) - Museu do Prado, MadridA Sexta-feira Santa, ou Sexta-feira da Paixão, é a Sexta-feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.

    (…)

    A Igreja exorta os fiéis a que neste dia observem alguns sinais de penitência, em respeito e veneração pela morte de Cristo. Assim, convida-os à prática do jejum e da abstinência da carne.

    Exercícios piedosos, como a Via Sacra e o Rosário, são também recomendados como forma de assinalar este dia especialmente importante para a fé cristã.

    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sexta-Feira_Santa


    Abr 9 2009

    IcebergueSorriso que derrete um iceberg
    Garras de lince, doçura de gatita
    Aquele olhar que aquece a alma
    Corpo de mulher com jeito de mocita!
















    Abr 8 2009

    Café com LeiteÉs aquele cafézinho com leite que qualquer homem gostaria de tomar todos os dias de manhã para acordar… para o almoço assentar bem… e o jantar ainda melhor.

    Um bálsamo de vida para o corpo e mente, um redbull sob a forma de mulher que nos dá asas para voar sobre as pedras no caminho da nossa existência.

    És tu..


    Abr 7 2009

    Detalhe de "Mulheres Rongas" de Ernesto Tembe - Museu Nacional de Arte, MaputoEm homenagem a uma moçambicana fabulosa (segundo soube, moçamba que eu achava que era carinhoso é ofensivo :() que para mim representa o que é ser uma grande mulher, uma mãe ímpar e uma amiga 5 estrelas, não me podia esquecer deste dia e de lhe prestar o meu tributo.

    Este dia é teu, miúda!

    800px-flag_of_mozambiquesvg1

    O Dia da Mulher Moçambicana é um feriado oficial em Moçambique, celebrado a 7 de Abril, aniversário da morte de Josina Machel, segunda esposa de Samora Machel, primeiro presidente de Moçambique.

    Josina, que se juntou à Luta Armada de Libertação Nacional ainda jovem, é considerada uma heroína de Moçambique.

    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_da_Mulher_Moçambicana


    Abr 6 2009

    abacus_6Como está a tua matemática?

    Usando todos os números e cada número uma só vez (independentemente da ordem).
    Com as quatro operações básicas + x - / e com a precedência ().
    Como podes obter o resultado esperado?

    Exemplo:

    • 2 3 4 1 = 21
    • (2 + 3)  x 4 + 1 = 21

    Problemas:

    • 6 4 3 1 = 40 (super fácil)
    • 1 1 1 5 = 1 (fácil)
    • 1 3 4 6 = 24 (dá para fazer algum esforço)

    Abr 6 2009

    ?Onde é que hoje vem antes de ontem, e depois de amanhã?
    R.: Dicionário

    O pai do Tótó tem três filhos. O Pim, o Pam e o …?
    R.: Tótó :p

    A vencedora desta semana não quis ser identificada. É-me apenas permitido identificá-la como uma angolana a viver (e parece que a estudar) no Norte de Portugal.


    ©2009 — 2020 Shaka Zulu
    http://ecosperdidos.digideia.com
    2020-07-06 02:21